Informações

Aprenda a identificar os primeiros sintomas de autismo

O autismo uma espécie de pane no desenvolvimento neurológico de uma criança que pode ser identificado por volta
dos 1 ano e meio e 3 anos. No entanto, segundo reportagem feita pela Saúde Abril, os médicos estimamque ela pode ser identificada a partir de 8 meses de idade pelos pais. Pesquisadores da Universidade de Miami, nos Estados Unidos, constataram que a comunicação não verbal pode ser o primeiro sintoma.

A equipe do professor de psicologia Daniel Messinger observou o modo como o bebê olha para objetos, o jeito como ele pede o que deseja e como reage quando lhe apontam para alguma direção. Os pequenos que apresentaram falhas gestuais nos primeiros meses de vida apresentaram sinais mais evidentes de autismo após os 2 anos e meio de idade.

O contato visual de uma criança com sua mãe é bem importante, por isso, se o bebê não encarar a mãe e ficar com o olhar perdido, isso pode ter sintoma de autismo. Além disso, o choro ininterrupto, uma inquietação constante ou, ao contrário, uma apatia exacerbada também precisam de atenção. Vale também notar se o bebê se incomoda com algum toque, sons ou até mesmo com texturas de alimentos e ter muita dificuldade na transição do leite materno para comidas sólidas. O autista possui os sentidos alterados, por isso a parte sensorial deve ser observada.

Pode-se notar a ausência da fala, uma leve surdez, movimentos repetitivos estereotipados entre mãos e cabeças, além disso os especialistas apontam transtornos de linguagem, socialização e comportamentos repetitivos. Vale lembrar que o autismo está totalmente relacionado a dificuldade de se comunicar com os outros, de perceber acontecimentos compartilhados, de expressar o que sente ou pensa nas mais diversas situações, de utilizar as palavras de acordo com o contexto e estas características atrapalham o desenvolvimento global da criança.

No entanto, com um diagnostico feito pelo médico e o tratamento mais indicado. Tudo depende de muitos fatores dentre eles o diagnóstico precoce, especialmente abaixo dos três anos de vida. Por conta disso, a visita ao médico é muito importante para um diagnóstico mais completo.

Um pensamento sobre & ldquo; Aprenda a identificar os primeiros sintomas de autismo & rdquo;

  1. Raquel Oliveira De Souza disse:

    Bom dia, tenho uma filha de um ano e dez meses que não apresenta nenhuma dificuldade descrita acima porém para dormir ela senta no sofá e fica se balançando para frente e para trás. Ela pode ser autista? Desculpem minha ignorância em relação ao assunto!

    1. Olá Raquel. Agradecemos o seu contato e ficamos muito felizes em ser fonte de reflexão e colaboração! muitos fatores podem influenciar o desenvolvimento de uma criança e/ou determinar se ela possui um diagnostico e qual seria ele. Deve ser feita uma avaliação individualizada da criança, considerando todo seu histórico de vida e contexto inserido. O profissional médico pediatra ou neuropediatra é o responsável por reunir todas essas informações, avaliar a criança e diagnosticar. Ficamos muito felizes em colaborar, por isso, se pudermos te auxiliar com mais alguma coisa, entre em contato com nossa responsável técnica pelo 19 2660-0669. Até mais!

    2. Karina Souza disse:

      Boa tarde Raquel não pude deixar de ler seu comentário , o fato de sua filha não não apresentar nenhum dos sinais acima descritos pelo texto do amigo panda e o fato de que ela se balançar para frente e para trás como você mencionou ; não exclui e nem afirma a suspeita de TEA .
      Portanto para um melhor diagnóstico e exclusão de suas dúvidas procure um neurologista que ele sim pode te orientar de uma maneira a fazer testes como o processamento auditivo central que é um dos testes de diagnóstico diferencial para o autismo . Espero ter ajudado de alguma forma . Beijos fga: Karina Souza !! .

  2. Ana Paula disse:

    Bom dia, tenho um filho de 3 anos, ele não tem movimento repetitivos, tenta se comunicar falando do jeito dele, agora com 2 anos que começou a soltar algumas palavras, ele não gosta de comida, só come frutas e bolacha, e toma leite na mamadeira, ele interage com outras pessoas, no primeiro contato fica tímido. Isso é ser um autista?

    1. Olá Ana Paula. Agradecemos o seu contato e ficamos muito felizes em ser fonte de reflexão e colaboração! muitos fatores podem influenciar o desenvolvimento de uma criança e/ou determinar se ela possui um diagnostico e qual seria ele. Deve ser feita uma avaliação individualizada da criança, considerando todo seu histórico de vida e contexto inserido. O profissional médico pediatra ou neuropediatra é o responsável por reunir todas essas informações, avaliar a criança e diagnosticar. Muitas vezes a criança pode não ter um diagnostico, mas ainda sim precisa de acompanhamento terapêutico para desenvolver algumas habilidades. Ficamos muito felizes em colaborar, por isso, se pudermos te auxiliar com mais alguma coisa, entre em contato com nossa responsável técnica pelo 19 2660-0669. Até mais!

  3. Nilza disse:

    Ola boa tarde tenho uma filha de 2 anos e 11 meses ela não fala nada ainda ….
    E é mt inquieta , as fezea elas anda nas pontinhas dos pés , e raramento quando eu eu a chamo pelo nome ela não mi atende . . .
    Sera se ela pode ser autista ?

    1. Olá Nilza. Agradecemos o seu contato e ficamos muito felizes em ser fonte de reflexão e colaboração! muitos fatores podem influenciar o desenvolvimento de uma criança e/ou determinar se ela possui um diagnostico e qual seria ele. Deve ser feita uma avaliação individualizada da criança, considerando todo seu histórico de vida e contexto inserido. O profissional médico pediatra ou neuropediatra é o responsável por reunir todas essas informações, avaliar a criança e diagnosticar. Ficamos muito felizes em colaborar, por isso, se pudermos te auxiliar com mais alguma coisa, entre em contato com nossa responsável técnica pelo 19 2660-0669. Até mais!

  4. Joelma geraldina da silva disse:

    0la td bem meu filho de dez anos e um pouco diferente só lembra dos nomes de parentes próximos e de convívio frequente. Já se sentiu incomodado com músicas e bozinas, já passou na psicóloga, neurologista, fino e fez um teste q chama visk. E possível q seja autista mesmo nenhum médico ter dado esse e nenhum outro diagnóstico.

    1. Olá Joelma,

      Agradecemos o seu contato e ficamos muito felizes em ser fonte de reflexão e colaboração! muitos fatores podem influenciar o desenvolvimento de uma criança e/ou determinar se ela possui um diagnostico e qual seria ele. Deve ser feita uma avaliação individualizada da criança, considerando todo seu histórico de vida e contexto inserido. O profissional médico pediatra ou neuropediatra é o responsável por reunir todas essas informações, avaliar a criança e diagnosticar. Compreendemos o seu anseio como mãe em entender os comportamentos do seu filho. Caso isso ainda interfira na sua vida ou na vida dele, procure novamente um médico. Ficamos muito felizes em colaborar, por isso, se pudermos te auxiliar com mais alguma coisa, entre em contato com nossa responsável técnica pelo 19 2660-0669. Até mais!

      1. Rosângela disse:

        Bom dia. Tenho uma filha de 2 anos e 4 meses, ela tem muita sensibilidade de audicão ela é muito agressiva ,nao pode ficar próxima a uma criança que quer morde ,bater, e anciosa rói unha,come compulsivamente, na creche da muito trabalho ,vou começar um tratamento para saber se ela tem alguma síndrome, será que ela é autista?

  5. PRISCILA CARDOSO PEREIRA disse:

    A minha filha tem 1ano e 1mes ela só fala papai e mamãe varias fezes e quando ela que algo ela a ponta o dedo ela não dormi a noite e tem dificuldade de dormir durante o dia ela grita muito e às vezes ela chora do nada quando eu chamo o nome dela é Manuela ela não responde ela pode ser uma criança autismo e ele é muito elétrica ligada na tomada 220 não gosta de brincar não presta atenção numa televisão não gosta de brincar com ninguém não gosta que ninguém agarra ela…

    1. Olá Priscila

      Agradecemos o seu contato e ficamos muito felizes em ser fonte de reflexão e colaboração! muitos fatores podem influenciar o desenvolvimento de uma criança e/ou determinar se ela possui um diagnostico e qual seria ele. O comportamento que você descreve merece atenção. Para isso deve ser feita uma avaliação individualizada da criança, considerando todo seu histórico de vida e contexto inserido. O profissional médico pediatra ou neuropediatra é o responsável por reunir todas essas informações, avaliar a criança e diagnosticar. Ficamos muito felizes em colaborar, por isso, se pudermos te auxiliar com mais alguma coisa, entre em contato com nossa responsável técnica pelo 19 2660-0669. Até mais!

  6. Joana Zubco disse:

    Oi eu sou Joana eu tenho um filho de 2 anos e 9 meses ele não fala quase nada a aponta para os i objetos às vezes e nervo isso é altismo

  7. Roberta disse:

    Minha filha tem 1 ano e 4 meses e não anda sem se apoiar,só atende pelo nome quando quer.Sorri bastante e adora livros,estou achando que ela é autista!

  8. kristian brandao disse:

    ola meu filho tem 1ano e 6 meses ele tem comportamentos de um bebe normal para idade como brincar bastante se relaciona normalmente com outras crianças e muito apegado a mae bagunça muito com ela antes de dormir e gosta de brincar comigo ex ele gosta de correr e quando ve que estou indo atrás dele no quintal ele corre mas olhando para trás e rindo gosta de brincar de bola comigo e se diverte jogando a bola e quando eu devolvo jogando de volta ele fica feliz rindo e joga novamente …nao tem pobremas de ir no colo de pessoas conhecidas exceto se tiver alguma coisa no chao que ele queira brincar , e é muito expressivo … porem a 3 atitudes nele que me preocupa 1 ele quando contrariado deita no chao e bate a testa e aparentemente no momento de birra e raiva nao sente dor e as vezes balança a mãozinha contra quem o contrario ou contra o próprio rosto , as vezes nao respode quando chamamos pelo nome e por ultimo nao esta falando ainda.

  9. GRASIELE ROCKENBACH FRANSOZI disse:

    Olá, minha menina tem 1ano e 9 meses, já venho acompanhando com o neuropediatra desde 1 ano, ainda não tem diagnóstico, no caso dela, depois da estimulação sensorial ela apresenta rapidamente uma melhora, ela interagem com outras crianças e carinhosa e brinca dando sentido aos objetos, mas, tem movimentos repetitivos, gostaria de saber se existe algo além do autismo que justifique só questão sensorial no qual é o que percebemos de mais evidente nela.
    Grata

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *